Número total de visualizações de página

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Tenho pensado e...


São os pequenos acontecimentos diários que fazem a vida tão espectacular: o tocar do telefone, a saudação de bom dia do vizinho do lado, o olhar carinhoso das pessoas que amamos, o sorriso de um bebé que vemos na rua, mesmo quando vamos com pressa devido á rotina diária que nos acompanha, entre muitas outras coisas.
A verdade é que são as pequenas imperfeições que fazem a vida perfeita, aqueles acontecimentos aos quais raramente damos importância, acabam por dar um toque especial nos nossos dias.
Uma simples mensagem recebida pela manha ou a falta dela pode ser significativo para o nosso humor o resto do dia, ou uma boa parte dele. Quando alguém nos diz “Hoje estas especialmente bonito(a)”devemos guardar esse momento na nossa memória, afinal este dia já valeu a pena, nem que seja só pelo facto de alguém ter falado connosco; ou quando estamos numa fila de transito, super aborrecidos, a desejar não ter saído de casa, se pararmos para pensar existem muitas outras pessoas na mesma situação que nós basta para a frente, lado e para trás e então sentimo-nos melhor porque não estamos completamente sozinhos e afinal não somos os únicos a chegar atrasados.
Todos os acontecimentos ou situações que nos surgem, por mais invulgares ou insignificantes que pareçam ser, são algo importante para a felicidade de cada um de nós.
Pois, a vida é um puzzle e juntando todas as peças obtemos uma maravilhosa paisagem e  por vezes se ao juntarmos as peças a imagem parecer assustadora, então talvez esteja a faltar alguma peça :)

2 comentários:

  1. Abordas os pequenos nadas, o que pode dar significado à nossa vida, quando nos encontros e desencontros, parecemos à deriva. Analisas a lógica das imperfeições que, conjuntamente, nos reforçam a natureza humana, essa essência tão complexa e singular que nos identifica. Gosto de ler-te pela pureza, ingenuidade e sensibilidade. O caminho da escrita pode parecer assustador, mas ao juntares peças perdidas do puzzle, pode ser que um dia te sintas uma verdadeira escritora. Continua, persiste, trabalha. Nunca desistas! :) D

    ResponderEliminar
  2. A pessoas como tu devo a inspiração para continuar. obrigada:)

    ResponderEliminar